Pensa em Deus, refugia-te em Deus, espera por Deus e confia em Deus, porquanto, ainda mesmo quando te suponhas a sós, em meio de tribulações incontáveis, Deus está conosco e com Deus venceremos.

Emmanuel

Estamos com as inscrições abertas para o curso:

PBDE (Programa Básico da Doutrina Espírita)

Associação de Estudos Espíritas Allan Kardec

Rua Brás de Pina, 606

Vila Vitória

Mogi das Cruzes

Início das aulas: 06/02/2017

sábado, 13 de junho de 2009

As Faces da Obsessão

Por um Espírito Anônimo
Por que vós encarnados, ao falarem de obsessão, desferem a culpa a outros?
Transferem a culpa ao desencarnado revoltoso, ao Espírito raivoso ou vingativo. Esquecem-se da auto-obsessão. Sim, muitos obsediam-se, torturam-se; muitos tornam-se obsessores deles mesmos. Obsediam-se cultivando sentimentos negativos, ações amorais.
A obsessão tem várias faces. Não isente a culpa de vós mesmos! É muito fácil transferir a culpa a alguém quando os doentes são vós mesmos.
Muito demorei para isso entender, quanto sofri! A loucura me dominou, penetrou em minhas entranhas, deixou marcas profundas em meu ser. Hoje vejo o quanto cultivei a minha obsessão. O quanto deixei com que ela me dominasse. Sim, EU deixei! Eu permiti isso, porque o nosso amado Mestre é a bondade mais pura e jamais permitiria a interferência de outros de uma maneira tão enraizada na vida de outro. Cada qual é responsável por sua própria vida, por seus pensamentos, por sua conduta.
Talvez a maior falha da humanidade seja a transferência de culpa aos outros. Passo fome porque não me dão o que comer, e não porque não me esforço; fico doente por causa do clima, e não porque, com meus pensamentos, abaixo minha imunidade; sou infeliz porque Deus foi injusto comigo, e não porque não cultivo bons pensamentos.
Irmãos, enxergais a verdadeira fonte da culpa! Procure no fundo de vosso coração, no fundo de vossa alma. E ela, a culpa dos males, estará bem escondida aos olhos comuns, mas clara aos olhos da alma.
É um erro transferirmos a culpa. Parem com isso! Auto-obsessão! Auto-destruição!
Equilíbrio afasta problemas.
Sanidade afasta doenças.
Bons sentimentos afastam a loucura.
A verdade, a boa intenção, o amor próprio e ao próximo não permitem a obsessão. Tende piedade dos irmãos que sofrem, não os culpem por vossas desgraças, vossas desilusões, vossos tormentos!
Graças a Deus!
Mensagem transmitida no dia 24 de maio, por meio da psicografia, no T.E. Swedenborg, em São Paulo-SP
Revista Universo Espírita – Nº 32 – Ano 2006

Nenhum comentário:

VÍDEOS

VÍDEOS

Evangelho No Lar

A você, espírita ou não, lembramos que Jesus disse: "quando se reunirem dois ou mais em meu nome, ali estarei".
O culto cristão do evangelho no lar é oportunidade para:
- Reabastecimento de energias psíquicas;
- Estudo e desenvolvimento dos ensinamentos do Mestre Jesus, aplicáveis à nossa vida;
- Harmonização entre os participantes e do ambiente onde ele acontece;
- Dissipação de mágoas, ressentimentos, antagonismo e ódios;
- Agradecimento a Deus;
- Pedidos de amparo e proteção para encarnados e desencarnados.

Roteiro para o culto do Evangelho no Lar

- Escolher um dia da semana, fixando horário para a reunião com familiares ou só (sempre no mesmo horário);

- Dispor um copo com água para cada participante da reunião;
- Iniciar a reunião com uma prece;
- Fazer a leitura um breve trecho de: "O Evangelho Segundo o Espiritismo", ou outro livro escolhido;
- Fazer um breve comentário sobre o trecho lido, evitando a polêmica ou desvios para outros assuntos, a fim de manter equilíbrio vibratório da reunião;
- Encerrar com uma prece, enviando vibrações de paz, amor e harmonia à família e aos necessitados em geral;
- A reunião se prolongar além de 20 ou 30 minutos;

Música suave, em volume brando, favorecerá uma melhor ambientação para as vibrações e preces.

Importante: Não transformar o culto do Evangelho no Lar em reunião mediúnica.
Fornecido por A.E.E.Allan Kardec

Provérbios Morais e Leis da Arábia encontrados nas ruínas de Persopolis, gravados em fino mármore

Digais

Sabeis

Diz

Sabe

Dirá

Não sabe

Façais

Podeis

Faz

Pode

Fará

Não deve

Acrediteis

Ouvis

Acredita

Ouve

Acreditará

Não ouve

Gasteis

Tendes

Gasta

Tem

Gastará

Não tem

Julgueis

Vedes

Julga

Julgará

Não viu

Não

Tudo quanto

Porque aquele que

Tudo quanto

Muitas vezes

O que

Seguidores